PARÓQUIA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS
Av Raimundo Gonçalves de Oliveira, 217 - Centro - CEP: 59675-000 - GROSSOS/RN
Email: paroquiadegrossos@hotmail.com (84) 3327-2383
Fundada em 30 de maio de 2008

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Hora da Graça - Novena Perpétua de N. Sra. do Perpétuo Socorro


Na próxima quarta-feira, 27 de junho, a Igreja celebra a festa de N. Sra. do Perpétuo Socorro.
Em nossa paróquia existe um movimento chamado "Hora da Graça" em quase todas as comunidades e que de 24 a 27 celebram um Tríduo em louvor a Santa Mãe de Deus.

Confira as orações da Hora da Graça




1.      Hino
1. Ó Virgem Maria/Que tudo alegrai/ Na vida socorro/ Que falta jamais.
Ave, Ave, Ave Maria (bis)
2. Sim, Vossa imagem/ É estrela de paz/ Que em Vossa viagem/ Ventura nos traz.


ORAÇÕES EM HONRA DE NOSSA SENHORA DO PERPÉTUO SOCORRO
     Ó Mãe do Perpétuo Socorro, eis aqui a vossos pés um pobre pecador que recorre a Vós e pões em Vós a sua confiança. Ó, Mãe de misericórdia, tende piedade de mim. Sei que todos vos chamam o refúgio e a esperança dos pecadores; sede pois também o meu refúgio e a minha esperança. Socorrei-me pelo amor de Jesus Cristo. Dai a mão a um pobre pecador que se vos entrega e se consagra para sempre ao vosso serviço. Louvo e agradeço a Deus que, pela sua misericórdia me inspirou uma grande confiança em Vós, vejo nesta confiança o penhor de minha eterna salvação, confesso que tenho caído muitas vezes em pecado, por não ter recorrido a vós, mas com o vosso socorro serei sempre vitorioso. Sei que me haveis de ajudar, se me recomendar a vós, mas, nas ocasiões perigosas temo não vos invocar e causar assim a perda de minha alma. Peço-vos encarecidamente me concedais a graça quando o demônio me tentar. Recorrer a vós repetindo: Ó Maria socorrei-me! Ó Mãe do Perpétuo Socorro, não permitais que eu perca o meu Deus.
(Três Ave-Marias)

     Ó Mãe do Perpétuo Socorro, concedei-me a graça de invocar sempre o vosso nome poderosíssimo, pois é o nosso socorro durante a vida e a nossa salvação na ocasião da morte. Ó Maria virgem dulcíssima, e puríssima, que o vosso nome seja d’ora avante a aspiração de minha alma. Ó minha soberana não tardeis em me socorrer, quando eu vos invocar, pois em todas as tentações que me assaltarem. Em todas as minhas necessidades, nunca deixarei de vos invocar, repetindo sempre: Ó Maria, ó Maria! Que força, que ternura, que doçura, que confiança sente a minha alma quando penso em vós! Agradeço ao Senhor por vos ter dado este nome tão doce, tão amável, tão santo, tão poderoso para meu bem. Mas, não me contentarei de pronunciá-lo com amor, quero que o amor que vos dedico me lembre, sem cessar, que vos devo invocar, ó Mãe do Perpétuo Socorro.
(Três Ave-Marias)

Ó Mãe do Perpétuo Socorro, sois a dispense de todas as graças que Deus concederia aos infelizes pecadores. E se vos fez tão poderosa, tão rica e tão boa, foi para nos socorrerdes em todas as nossas misérias. Sois a advogada dos pecadores mas abandonados que a vós recorrem; socorrei-me, pois, que a vós me entrego; eu vos recomendo a minha eterna salvação. Pondo-me no número dos vossos servos mais dedicados; tomai-me debaixo de vossa proteção, isto me basta; se me socorrerdes, nada temerei por que me alcançareis o perdão de todas as faltas, não temerei os demônios, por que sois mais poderosa do que todo o inferno; não temerei mesmo o meu juiz Jesus Cristo, porque basta um pedido vosso para apaziguar. Temo somente deixar por negligência de me recomendar a vós e assim causar a perdição de minha alma. Ó minha soberana, alcançai-me o perdão dos pecados, o amor de Jesus Cristo, a perseverança final, e a graça de recorrer sempre a vós, ó Mãe do Perpétuo Socorro.

(Três Ave-Marias)

Obs.: A cada Ave-Maria se diz:
Ó soberana nossa, vós sois o nosso refúgio.
Nosso socorro nas necessidades e tribulações.

2. Oração
Senhor Jesus Cristo, que nos deste vossa Mãe, para ser mãe nossa, sempre pronta para nos socorrer. Concedei-nos, suplicamos-vos, que implorando assiduamente sua maternal assistência, mereçamos gozar perpetuamente o fruto de vossa redenção. Amém.

3. Oração à Maria santíssima
Santíssima Virgem Imaculada Maria minha mãe a vós, que sois a Mãe do meu Senhor a rainha do mundo, advogada, a esperança, o refúgio dos pecadores, recorro hoje eu, que sou o mais miserável de todos, Aos vossos pés me prostro, Ó grande Rainha, e vos dou graças por todos os benefícios*que até agora me tendes feito, especialmente por me haverdes livrado do inferno, por mim tantas vezes merecido. Eu vos amo. Senhora amabilíssima,e pelo amor que vos tenha, prometo servir-vos sempre e fazer quanto possa para que de todos sejais servida. Em vós, depois de Jesus ponho todas as minhas esperanças, toda a minha salvação aceitai-me por vosso servo, e acolhei-me debaixo do vosso manto. Ó Maria de Misericórdia! E já que sois tão poderosa para com Deus livrai-me de todas as tentações ou impetrai-me forças pra vencê-las até a morte. A vós suplico o verdadeiro amor de Jesus Cristo, de vós espero alcançar uma boa morte. Minha mãe, pelo amor que tendes a Deus vos rogo que me ajudeis sempre, mormente no ultimo instante de minha vida. Não me desampareis enquanto não me virdes a salvo no céu, a bendizer-vos e a cantar a vossa misericórdia; por toda a eternidade. Assim espero, assim seja.

4. Ato de consagração
Desejoso de consagrar-me inteiramente ao serviço da sempre Virgem Maria, de quem após Deus eu espero todo auxílio na vida e na morte, uno-me aos membros desta pia arquiconfraria, fundada em honra de nossa Mãe do Perpétuo Socorro. Como meu padroeiro especial, escolho o glorioso Santo Afonso, a fim de me obter uma devoção sincera e duradoura para com a santíssima virgem que é honrada por um nome tão terno. Além disso, prometo renovar minha consagração a Mãe de Deus e a Santo Afonso, cada primeira terça-feira do mês, e de receber frequentemente os Santos Sacramentos. Ó Mãe do Perpétuo Socorro, recebei-me por vosso servo, e fazei-me objeto de vossa maternal proteção. Prometo-vos recorrer a vós em todas as minhas necessidades espirituais e temporais. Meu Santo Padroeiro, Santo Afonso, alcançai-me a graça de um amor ardente a Jesus Cristo, e a de invocar sempre a Mãe do Perpétuo Socorro.

5. Oração nas necessidades espirituais
Ó Mãe do Perpétuo Socorro, com a maior confiança eu venho diante de vossa sagrada imagem, para invocar o vosso auxilio, vós vistes as chagas que Jesus quis receber por nós, vós vistes o sangue de vosso Filho derramado para nossa salvação: Vós sabeis como vosso Filho deseja aplicar a nós o fruto de sua redenção. Eis-me prostrado a vossos pés, implorando-vos obter para minha alma a graça que me é mais necessária. Ó Maria, a mais querida de todas as mães, obtende para mim do coração de Jesus fonte de todo bem esta graça (mencione a graça). Ó Mãe do Perpétuo Socorro, vós desejais nossa salvação muito mais do que nós mesmos; vosso filho nos deu a vós para nossa mãe, e vós mesmo escolhestes ser chamada Mãe do Perpétuo Socorro. Não confio em meus méritos; mas na vossa poderosa intercessão, confio em vossa bondade, confio em vosso amor materno. Ó Mãe do Perpétuo Socorro, pelo amor que tendes a Jesus, vosso filho e o meu redentor, pelo amor do vosso grande servo Santo Afonso, por amor de minha alma obtendo para mim, a graça que vos peço. Amém.

6. Oração na doença
Ó Mãe do Perpétuo Socorro, vede quanto sofro nesta enfermidade. Enquanto meu corpo sofre, também a minha alma se aflige. Falta-me até ânimo para orar como deveria. Em nada encontro alívio e nem mesmo a companhia de meus entes queridos pode trazer-me conforto. Já começo perder a coragem, a impaciência e a tristeza oprimem minha alma. Em tão grande aflição ponho toda a minha confiança em vós que sois a mais eterna de todas as mães. Vosso coração compassivo apiedar-me-á de mim, sim, mãe eterníssima, vós não abandonareis vosso aflito filho. Dai-me ânimo e coragem para aceitar com paciência estas provas que Deus me envia. Se for para o bem de minha alma, restitui-me a saúde do corpo. Mas se for a vontade de Deus, que eu sofra ainda um pouco ou que esta enfermidade me leve a uma vida melhor, estou inteiramente resignado, pois sei que vós ó Mãe amável, me obtereis a graça de fazer o que exigir de mim. Amém.

7. Devoção a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Ó Santíssima Virgem do Perpétuo Socorro, minha mãe amantíssima e minha esperança, eu me acolho debaixo do vosso manto e debaixo do vosso manto quero viver e morrer. Não permitais, ó minha mãe amantíssima, que eu jamais ofenda a vosso divino filho, e dai-me sempre a vossa santa bênção!

8. Invocações
Ó Mãe do Perpétuo Socorro, o meu coração transborda de confiança em vós por causa do vosso nome. Eis-me aqui, pois aos vossos pés. Venho expor-vos todas as necessidades de minha vida e de minha morte; venho pedir o vosso maternal socorro; Dignai-vos escutar-me ó Minha Mãe; em todas as minhas dificuldades, penas e misérias, VINDE EM MEU SOCORRO, Ó MÃE CARINHOSA!
No momento perigoso da tentação, para que eu resista. Se tiver a desgraça de cair em pecado para que eu logo me arrependa. Se alguma cadeia me prender ao serviço do demônio, para que a quebre. Contra as seduções do mundo, as companhias perigosas e os livros perniciosos. Se tardar em converter-me, para que me aprece. Se for escravo de alguma paixão criminosa, para que dela triunfe. Se for filho pródigo, endurecido e emerso no vício, para que volte ao meu pai. Se viver na tibieza, para que Jesus não me rejeite. Se viver no sacrilégio, para que me anime a confessar-me bem. Quando me esquecer ou descuidar de recorrer a vós, para que logo o faça. Se me relaxar no vosso serviço, para que emende. Na obrigação de confessar-me, para que o faça com sinceridade, para que sempre comungue digno e fervorosamente. Em todos os exercícios de um cristão fervoroso e especialmente na oração e meditação. Para que conserve ou recupere a castidade. Para que adquira a humildade. Para que consiga amar a Deus de todo meu coração. Para que, pelo amor de Deus, me conforme em tudo com a sua vontade. Em todos os meus pensamentos, atos e empresas, para que cumpra fielmente todos os deveres do meu estado. Quando a enfermidade afligir-me o corpo e abater-me a alma. Quando a dor e a tristeza se apoderarem de mim. Se os homens me fizerem sofrer, se Deus me afligir com temas interiores, se a providência me experimentar pela pobreza ou revezes da fortuna, se encontrar em minha própria família motivos de aflição. Se for humilhado, contrariado ou maltratado. Para alcançar a conversão e alívio dos que são caros. Para procurar alívio as almas do purgatório. Para cooperar na salvação dos pecadores. Para obter a graça da perseverança. Para nunca esquecer-me de pedir esta graça. Na minha última enfermidade. Quando se aproximar a morte, as últimas tentações que precederem ou acompanharem a minha agonia. Ao exalar o último suspiro. Quando comparecer diante do vosso filho para ser julgado. Quando estiver padecendo no purgatório. Em todo o tempo e em todo lugar. Para que vos sirva; vos ame e sempre vos invoque. Para que ame a Jesus Cristo, para que vos faça amada e servida. Sede amada e louvada. Sede invocada e eternamente bendita, ó Virgem do Perpétuo Socorro, minha esperança, meu amor, minha mãe, meu refúgio e minha vida. Amém.

9.      Oração final a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Santíssima Virgem Maria, ó minha mãe, quanto me é grato, vir-nos a vossos pés, implorar o vosso perpétuo socorro. Só as mães da Terra não esquecem seus filhos; como podereis vós, a mais terna de todas as mães, esquecer-me? Concedei-me o vosso perpétuo socorro, nas minhas penas, nas minhas dores e sobretudo nas minhas aflições; mas, como somos todos vossos filhos, eu venho pedir-vos também de conceder-nos o vosso perpétuo socorro a todos os que sofrem, ajudai os fracos, curai os doentes, convertei os pecadores, consolai as mães que choram sobre seus filhos. Abri as portas do céu para aqueles que nos formam caros na vida e sofrem no purgatório. Fazei, minha Mãe Santíssima, que depois de vos ter implorado o vosso socorro aqui na Terra, possamos ir amar-vos e bendizer-vos no céu, assim seja. Ó Maria concebida sem pecado, rogai por nós que recorremos a vós (dizendo três vezes): Nossa Senhora do Perpétuo Socorro, ROGAI POR NÓS.

10.             Hino a Nossa Senhora do Perpétuo Socorro
Socorrei-nos ó Maria,/ Noite e dia, sem cessar,/ Os doentes e os aflitos/ Vinde, vinde consolar!
Vosso olhar a nós volvei,/ Vossos filhos protegei!/ Ó Maria, ó Maria/ Vossos filhos socorrei!
Visitai os que padecem/ Aliviando-lhes a dor/ A nós todos volvei, hoje,/ Um olhar cheio de amor!
Dai saúde ao corpo enfermo/ Dai coragem na aflição/ Sede a nossa doce estrela/ A brilhar na escuridão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário