Para sugestões envie um email para: http://paroquiadegrossos@hotmail.com ou ligue: (84) 3327-2383 - Av Cel Solon, 217 - Centro - CEP: 59675-000 - GROSSOS/RN

segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

Roteiro de Celebração das Cinzas - OFÍCIO DIVINO DAS COMUNIDADES

DIOCESE DE SANTA LUZIA DE MOSSORÓ – RN
PARÓQUIA DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS – GROSSOS/RN

CELEBRAÇÃO DAS CINZAS
ABERTURA DA CAMPANHA DA FRATERNIDADE - 2012



OFÍCIO DIVINO DAS COMUNIDADES

Oração da tarde/ noite
 22.02.2012

CLIQUE EM MAIS INFORMAÇÕES



1. CHEGADA - silêncio... Refrão Contemplativo

Misericórdia, Senhor! Misericórdia, misericórdia!

2. ABERTURA
Vem, + ó Deus da vida, vem nos ajudar! (bis)
Vem, não demores mais, vem nos libertar (bis)
Venham, adoremos, a nosso Senhor! (bis)
A preparar sua páscoa, ele nos chamou. (bis)
(Oferta-se incenso)
Suba nosso incenso a Ti ó Senhor! (bis)
Das mãos de quem vigia recebe o louvor! (bis)
Somos o seu povo, o rebanho seu. (bis)
Ele é nosso pastor, ele é nosso Deus. (bis)
Não fechemos hoje nosso coração, (bis)
Sua voz escutemos com toda atenção! (bis)
Glória ao Pai e ao Filho e ao Santo Espírito, (bis)
Glória a Trindade Santa, glória ao Deus bendito! (bis)
Ao Senhor voltemos, bem de coração, (bis)
Que ele nos converta pelo seu perdão! (bis)

3. RECORDAÇÃO DA VIDA

4. HINO
Senhor, eis aqui teu povo, que vem implorar teu perdão; É grande o nosso pecado, porém é maior o teu coração.
1.    Sabendo que acolheste Zaqueu, o cobrador, e assim lhe devolveste tua paz e teu amor, também, nos colocamos ao lado dos que vão buscar no teu altar a graça do perdão.
2.    Revendo em Madalena a nossa própria fé, chorando nossas penas diante dos teus pés, também, nós desejamos o nosso amor te dar, porque só muito amor nos pode libertar.
3.    Motivos temos nós de sempre confiar, de erguer a nossa voz, de não desesperar, olhando aquele gesto que o bom ladrão salvou, não foi, também, por nós, teu sangue que jorrou?

5. SALMO 51
Senhor Deus, misericórdia!
1. Misericórdia de mim, Deus de bondade,/ Misericórdia por tua compaixão!/ Vem me lavar das sujeiras do pecado/ Vem me livrar de tamanha perdição!
2. Reconheço toda a minha maldade,/ Diante de mim a vastidão de minha ofensa.../ Foi contra ti, meu Senhor, o meu pecado,/ E pratiquei o que é mal em tua presença!
3. Faz-me escutar uma palavra de alegria/ E assim contentes vão dançar os ossos meus;/ A minha culpa apagarás em pleno dia/ E os meus pecados faz sumir dos olhos teus!
4. Cria em mim um coração imaculado,/ Não desprezes a poeira que criaste,/ Não me ponhas para fora do teu lado/ E teu Espírito não te afaste deste traste!

6. LEITURA BÍBLICAMateus 6, 1-6.16-18
Louvor a vós, ó Cristo Rei, Rei da eterna glória, Rei da eterna glória!
Oxalá ouvísseis hoje a sua voz. Não fecheis os corações como no deserto!

7. MEDITAÇÃO
Partilha.
Silencio para reflexão pessoal

8. IMPOSIÇÃO DAS CINZAS Silêncio, sobriedade. O coordenador impõe as cinzas sobre os fiéis e diz: CONVERTEI-VOS E CREDE NO EVANGELHO. Enquanto são distribuídas as cinzas, canta-se:

CANTO A:
1.    Pecador, agora é tempo/ De pesar e de temor/ Serve a Deus, despreza o mundo/ Já não sejas pecador. (Bis).
2.    Neste tempo sacrossanto/ O pecado faz horror/ Contemplando a cruz de Cristo/ Já não sejas pecador. (Bis).
3.    Vais, pecando, vais, pecando/ Vais de horror em mais horror/ Filho, acorda dessa morte/ Já não sejas pecador. (Bis).
4.    Passam meses, passam anos/ sem que busques teu Senhor/ Como um dia para o outro/ assim morre o pecador. (Bis).
5.    Pecador arrependido/ Pobrezinho pecador/ Vem, abraça-te contrito/ Com teu Pai teu Criador. (Bis).
6.    Compaixão, misericórdia/ Vos pedimos Redentor/ Pela Virgem, Mãe das dores/ Perdoai-nos, Deus de amor. (Bis).

CANTO B:
1. Converter ao Evangelho, na palavra acreditar, caridade e penitencia, quem as cinzas abraçar.
Não esqueças: Somos pó e ao pó vamos voltar! (bis)
2. Não as vestes, mas o peito, o Senhor manda rasgar. “Jejuai, mudai de vida... Em sua face a chorar.”
3. Quão bondoso é o nosso Deus, inclinado a perdoar. Quem dos males se arrepende, compaixão vai encontrar.
4. Chora e diz o sacerdote, entre a porta e o altar: “Pela vida do meu povo vão meus lábios suplicar.”
5. Convertei-vos, povo meu, do Senhor vamos lembrar. Eis o tempo prometido, as ovelhas, vem salvar.

9. PRECES ORAÇÃO DA CF-2012
Senhor Deus de amor, Pai de bondade, nós vos louvamos e agradecemos pelo dom da vida, pelo amor com que cuidais de toda a criação. Vosso Filho Jesus Cristo, em sua misericórdia, assumiu a cruz dos enfermos, e de todos os sofredores, sobre eles derramou a esperança de vida em plenitude. Enviai-nos, Senhor, o Vosso Espírito. Guiai a vossa Igreja, para que ela, pela conversão se faça sempre mais solidária às dores e enfermidades do seu povo, e que a saúde se difunda sobre a terra. AMÉM!
Preces espontâneas...
Pai nosso.

Oração
Ó Deus, Mãe da compaixão, tu és a fonte de toda ação justa e de toda palavra boa. Neste tempo de deserto, ensinai-nos a rezar; neste tempo de penitência, ensinai-nos a praticar o verdadeiro jejum; neste tempo de caridade, ensinai-nos a repartir com os irmãos. Por Cristo, nosso Senhor. Amém.

10. BÊNÇÃO
Que o Deus da paz nos faça capazes de cumprir sua vontade, fazendo tudo o que é bom, agora e para sempre. Amém!
-        Louvado seja + nosso Senhor Jesus Cristo.
Para sempre seja louvado.

11. HINO DA CF– 2012
1.    Ah! Quanta espera, desde as frias madrugadas,/ Pelo remédio para aliviar a dor!/ Este é teu povo, em longas filas nas calçadas,/ A mendigar pela saúde, meu Senhor!
Tu, que vieste pra que todos tenham vida, /Cura teu povo dessa dor em que se encerra;/ Que a fé nos salve e nos dê força nessa lida,/ E que a saúde se difunda sobre a terra!
2.    Ah! Quanta gente que, ao chegar aos hospitais,/ Fica a sofrer sem leito e sem medicamento!/ Olha, Senhor, a gente não suporta mais,/ Filho de Deus com esse indigno tratamento!
3.    Ah! Não é justo, meu Senhor, ver o teu povo/ Em sofrimento e privação quando há riqueza!/ Com tua força, nós veremos mundo novo,/ Com mais justiça, mais saúde, mais beleza!
4.    Ah! Na saúde já é quase escuridão,/ Fica conosco nessa noite, meu Senhor,/ Tu que enxergaste, do teu povo, a aflição/ E que desceste pra curar a sua dor.
5.    Ah! Que alegria ver quem cuida dessa gente/ Com a compaixão daquele bom samaritano./ Que se converta esse trabalho na semente/ De um tratamento para todos mais humano!
6.    Ah! Meu Senhor, a dor do irmão é a tua cruz!/ Sê nossa força, nossa luz e salvação!/ Queremos ser aquele toque, meu Jesus,/ Que traz saúde pro doente, nosso irmão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário